Comunicação integrada e comprometida com o resultado!
(11) 3230-7434 | (13) 3304.7437
Facebook Twitter Flickr
terça-feira, 13 de março de 2018

Revolução tecnológica abre as portas para um novo cenário da logística no Brasil e no mundo

Escrito por: Arucha Fernandes - Atendimento

  • Tecnologias inovadoras como a automação intensiva, big analytics e blockchain impactam nos processos, exigindo uma nova postura das empresas que atuam no setor

  • “Empresas como Google e IBM estão interessando-se e investindo no segmento logístico”, afirma Jonas Mendes Constante, gerente de Projetos de Inovação da Fundación Valenciaport, da Espanha

  • Principal evento voltado ao setor nas Américas, Intermodal South America tem, pela primeira vez, uma área exclusiva para empresas de TI. Feira acontece até quinta (15), em São Paulo

Máquinas inteligentes, automação intensiva, sistemas cyberfísicos, inteligência artificial, computação cognitiva, big analytics e blockchain. Estas tecnologias que estão revolucionando a logística no mundo começam a fazer parte da realidade do mercado brasileiro, como é possível conferir nesta 24ª Edição da Intermodal South America, principal evento as Américas direcionado para os setores de logística, transporte de cargas e comércio exterior, que começou nesta terça (13) e vai até quinta (15) no São Paulo Expo, na capital paulista.

O cenário de transformação é tão vasto que a feira tem, já nesta edição, uma área exclusiva para empresas de TI e startups, com soluções de tecnologia, softwares, segurança para logística, entre outros. “Os portos, por exemplo, resistem a incorporar inovações mas isso está mudando. A completa digitalização é a nova revolução do setor portuário. Empresas como Google e IBM estão se interessando e investindo no segmento logístico”, afirma Jonas Mendes Constante, gerente de Projetos de Inovação da Fundación Valenciaport, da Espanha.

Angelino Caputo e Oliveira, diretor executivo da Abtra (Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados), concorda: “Falar do futuro é como fazer um pouco de exercício de adivinhação, mas é iminente que vamos passar por um novo momento disruptivo com a revolução 4.0 chegando à cadeia da logística”. Os impactos dessa revolução no segmento vão refletir em inovações como caminhões autônomos sem a necessidade de motorista, com baixo custo logístico, e o compartilhamento ágil e seguro de documentos utilizando tecnologias como o block chain e o cloud computing.

Durante esta edição da Intermodal South America, uma das expositoras, a Intelipost, empresa especializada em consultoria e tecnologia para gestão de transportes para e-commerces, está apresentando uma solução de blockchain, que está sendo desenvolvida em parceria com a IBM e a Oracle, voltada para o transporte de cargas fracionadas. É a primeira iniciativa do gênero do país.

Professor do MIT aponta impactos da Revolução 4.0 na logística

Diretor do MIT Center of Transportation on Logistics (CTL) do Massachusetts Institute of Technology (MIT), dos Estados Unidos, o professor Yossi Sheffi destacou os principais impactos da Revolução 4.0 em palestra proferida durante a XXI Conferência Nacional de Logística (CNL), organizada pela Abralog (Associação Brasileira de Logística). O impacto só não é maior, destaca, pois ainda há uma desconfiança na substituição do controle humano por um computador. “É um aspecto cultural que precisa ser superado”, frisa.

Ele cita como exemplo o resultado obtido por caminhões autônomos que funcionam com o mínimo de interação humana em Denver e Massachussets. “São capazes de percorrer 2.700 quilômetros sem parar. O mercado precisa ficar atento e superar essas barreiras culturais. A Uber, por exemplo, adquiriu a empresa de caminhões autônomos Otto e a Intel comprou a startup de carros autônomos Mobileye. Em longo prazo, teremos a diminuição de centros de distribuição e o fim das transportadoras como conhecemos hoje”, observa.

Yossi Sheffi também vê um futuro promissor para o cloud computing e o blockchain no segmento logístico. “O blockchain é um livro de registro eletrônico na rede. Uma vez escrito, é imutável. Cada participante tem cópia e ninguém pode apagar. Mesmo que ainda esteja em sua fase inicial de utilização na logística, permite avaliar que podemos ter uma governança mais inteligente nos processos”, afirma.

Panalpina Brasil vai investir em novo armazém de Healthcare em São Paulo

A partir do início do segundo semestre, a operadora logística Panalpina Brasil passa a contar com um armazém dedicado exclusivamente para o setor de medicamentos. A estrutura com mais de 4 mil metros quadrados de área total está localizada no centro logístico multiclientes da empresa em Cajamar, na Grande São Paulo. O anúncio foi feito durante a 24ª edição da Intermodal South América.

O espaço contará com três câmaras frias: a primeira possuirá temperatura negativa a -20 C (graus); a segunda terá entre 2 C (graus) e 8 C (graus). A terceira e maior delas terá entre 15 C e 25 C. Para o presidente da companhia Marcelo Caio Bartolini D’Arco, o investimento contribuirá desde a armazenagem até a entrega do produto no ponto final da venda. ‘A empresa também poderá contribuir com mais novos postos de trabalho para a região, serão cerca de 150’.

O armazém faz parte do mais novo pacote de soluções logísticas integradas da Panalpina Brasil para a área da saúde, o Healthcare Projects, que oferece um portfólio completo de produtos e serviços para o setor. Integram ainda o centro logístico, 10 docas seladas para carga e descarga dos produtos, aproximadamente 1.500 posições porta-pallets e uma área para serviços, como embalagem, etiquetagem, montagem de kits, troca de embalagens, entre outros.

Nova companhia de transporte marítimo global começa a operar no próximo mês

Em abril, a ONE (Ocean Network Express), que surgiu em outubro de 2016 da fusão de três armadores japoneses, iniciará as suas atividades no transporte marítimo de contêineres. A anúncio foi feito durante a 24ª edição da Intermodal South América. A empresa terá uma frota de mais de 250 navios, onde participará de forma ativa em todas as principais vias comerciais.

No Brasil, a sede regional está localizada em São Paulo. Na América Latina terá uma sub-sede em Santiago, no Chile, responsável por garantir a excelência nos serviços prestado sem todos os portos da costa oeste da região. A ONE oferecerá um extenso portfólio de serviços, abrangendo mais de 100 países.

Intermodal South America apresenta novo posicionamento

A Intermodal South America tem um novo posicionamento. Em sua 24º edição, a UBM Brazil, organizadora do evento, apresenta o slogan “O mundo em movimento”. Como isso, a feira passa a englobar todos os segmentos que compõem a cadeia de logística, com expositores que atuam em áreas como distribuição, operações da armazenagem, condomínios logísticos, entre outros setores da intralogística.

“Para nós, o desafio foi aumentar a abrangência do evento com soluções e serviços de logística voltados para a movimentação e intralogística, sem esquecer de fortalecer os expositores mais tradicionais de comércio exterior e de transporte de cargas em todos os modais. E conseguimos. Temos hoje um grupo seleto de 400 marcas nacionais e internacionais que representam esse novo posicionamento e a pluralidade da Intermodal”, afirmou Jean-François Quentin, presidente da UBM Brazil, durante a cerimônia de abertura realizada na manhã desta terça (13).

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, participou da solenidade e fez uma comparação: “Estamos vivendo um ambiente bem diferente do que vivíamos em 2017, quando estive aqui. O Brasil está de volta ao rumo do desenvolvimento. Vamos entrar em um novo ciclo de investimentos por conta do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Governo Federal”.

Destaques do segundo dia da Intermodal South America

Um dos destaques do segundo dia da Internacional South America é a sequência da XXI Conferência Nacional de Logística (CNL), organizada pela Abralog (Associação Brasileira de Logística. Os encontros vão reunir representantes de empresas como Aliança Navegação, Natura, Grupo Pão de Açúcar e Grupo Kion em torno de temas como Logística 4.0, transformação digital na Cabotagem, Real State e uso do blockchain na cadeia de suprimentos.

 

Sobre a Intermodal South America – www.intermodal.com.br
A Intermodal South America é o maior evento das Américas direcionado para os setores de logística, transporte de cargas e comércio exterior. Realizada há mais de 20 anos, a feira é considerada uma plataforma de negócios que reúne, em três dias, os principais players do setor com o objetivo de fomentar negócios e parcerias e dar suporte ao desenvolvimento e aprimoramento tecnológico dos segmentos que congrega. Em sua última edição, reuniu mais de 400 marcas expositoras de 22 países e atraiu mais de 33 mil profissionais. Em 2018, a Intermodal acontece em nova data e em novo local, de 13 e 15 de março, das 13h às 21 horas, no São Paulo Expo, em São Paulo (SP).

Sobre a UBM Brazil – www.ubmbrazil.com.br
A UBM é a maior empresa organizadora de eventos B2B no mundo. Seu profundo conhecimento e paixão pelos setores da indústria que atende lhe permite criar experiências valiosas onde as pessoas atingem seu sucesso. Em seus eventos, as pessoas criam relacionamentos, fecham acordos e crescem seus negócios. Seus mais de 3.750 funcionários, com sede em mais de 20 países, atendem mais de 50 diferentes setores da indústria. No Brasil, atua nos segmentos da saúde, logística, ingredientes alimentícios, construção civil, construção naval e metroferroviária. Essa rede de relacionamento global, especializada, pessoas apaixonadas e líderes de eventos oferecem oportunidades únicas para que os empresários alcancem suas ambições.

Atendimento à Imprensa:

Arucha Fernandes
arucha@conteudoempresarial.com.br
13 – 9 9768-3476
SKYPE: conteudo.empresarial
Érica Amores
erica@conteudoempresarial.com.br
13 – 9 9706-6073
SKYPE: erica.amores

+VEJA MAIS RELEASES SOBRE ESTE CLIENTE