Comunicação integrada e comprometida com o resultado!
(11) 3230-7434 | (13) 3304.7437
Facebook Twitter Flickr
quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Volume de negócios gerado no segundo dia do Concrete Show supera expectativas

Escrito por: Arucha Fernandes - Atendimento

Expositores do evento revelam que demanda por novos negócios lembra período pré-crise do setor de construção. Área de test drive de equipamentos, demonstrações, veículos e novos produtos atraem público qualificado

“Viemos para ganhar dinheiro e, até agora, nossa expectativa foi mais que superada”. A frase é do diretor Presidente da Sahara, Francisco Carlos Aguilar, para quem o Concrete Show é a única feira do setor onde realmente é possível fechar negócios. Ele é o criador do “tijolo ecológico”, produto que não utiliza cozimento, o que o torna sustentável. O Concrete Show, que congrega a cadeia do concreto e seus equipamentos, tecnologia e serviços, segue até amanhã, sexta, 25, no São Paulo Expo, na capital paulista.

Segundo Aguilar, a demanda nos dois primeiros dias de evento foi tamanha que na próxima edição será preciso aumentar a equipe presente na feira. “Não estamos conseguindo atender os visitantes, precisaríamos de uma equipe maior. Até agora já vendemos três meses de produção e nossa meta é, até o final da feira, vender o equivalente a um semestre inteiro de produção. Além da máquina de tijolo, temos outros equipamentos que estão sendo muito bem comercializados”.

O balanço positivo também é feito pela Convicta. De acordo com a gerente Comercial, Suelen Prudente, as vendas da empresa até esse momento já superaram os negócios fechados na edição de 2016 do evento. A empresa trouxe para esta edição da feira betoneiras da 3ª geração. “Somos uma empresa nacional e acreditamos na plena recuperação do setor. O Concrete é uma grande vitrine da evolução do mercado e é muito importante estar aqui”, ressalta a gerente.

Visitação internacional – Profissionais de países como Peru, Bolívia, Paraguai e Argentina estão entre o público recebido pela Atex Brasil. O diretor de novos Negócios da empresa, Wlademir Corrêa, está surpreso com a diversidade da visitação. “O movimento tem nos surpreendido desde o primeiro dia; o público está muito qualificado, o que é ideal para nós, porque nosso objetivo é que os profissionais tomem conhecimento do que oferecemos para que possamos gerar negócios no pós feira”, avalia. A Atex Brasil trouxe para o Concrete Show um inovador sistema drop red para laje nervurada. Além do trabalhar com plástico, a empresa passou a oferecer soluções em simbramento, a parte horizontal do sistema para lajes nervuradas.

Outra novidade apresentada na feira e que tem feito sucesso é o resfriamento de concreto por nitrogênio líquido desenvolvido pela Air Liquide. Segundo o diretor Comercial, André Alves de Almeida, o processo é mais sustentável, pois utiliza menos água, e tem um tempo de resfriamento 40% menor. “É um projeto inovador e estamos na feira pela primeira vez para apresentá-lo. A visitação está excelente e nosso objetivo é somar junto a feira, pois o evento tem um público muito qualificado. É a primeira vez de muitas que pretendemos participar”, garantiu Almeida.

O sócio-diretor do Grupo RCO, Donizetti de Oliveira, concorda com o colega expositor. “A Concrete Show é uma excelente oportunidade para reforçarmos a nossa marca e estarmos ainda mais próximos dos nossos clientes”, disse. O destaque do Grupo RCO, nesta edição do Concrete Show, é a aquisição da SITI, fabricante de betoneiras e gruas, com mais de 50 anos de atuação. Com a aquisição, o Grupo concentra todos os negócios da indústria de concreto em uma única marca, incluindo centrais de concreto e silos. A companhia também apresenta a Beton Bomba, um equipamento multitarefa com capacidade para 28 m3 e que reúne as qualidades do balão betoneira com o sistema de bombeamento para pequenas obras. “Trouxemos para o estande a tecnologia de projeção mapeada, que apresenta um conjunto de vídeos que dão vida à betoneira, além das logomarcas dos nossos clientes que fazem parte da história de mais de 50 anos da SITI”, acrescentou.

Novidades em tecnologia e equipamentos chamam a atenção de visitantes

Em busca de novas tecnologias para o trabalho que realiza, o engenheiro civil João Henrique Alves, veio do Mato Grosso para sua 3ª participação no Concrete. “O objetivo é expandir o trabalho que realizamos em terraplanagem e pavimentação. Vim conferir as novas tecnologias e ver o que há de novidade em formas metálicas e equipamentos. Aqui na feira consigo conversar com fornecedores, criar um primeiro contato que pode me ajudar a fechar negócios. Até agora gostei muito do que vi e retornarei amanhã também para aproveitar ao máximo.”

O construtor Giovani Elias tem no Concrete Show o local ideal para visitar seus fornecedores. Em busca de formas metálicas, o empresário de Santa Catarina, veio com um objetivo: fechar negócios. “Venho sempre para ver as novidades e me atualizar. Quero andar mais, ver os produtos com calma, porque vim para a feira para fechar negócios”.

Outro visitante que aproveita a feira para encontrar seus fornecedores é o empresário José Israel Silva. Ele veio de Minas Gerais em busca de equipamentos e tecnologias para otimizar a operação em um galpão industrial. “Aproveito a feira para alinhavar os negócios porque os expositores do Concrete são os meus fornecedores. Desta vez quero ver o que há em termos de máquina de usina, guindaste e formas de pré-moldados.”

Acompanhado por um grupo de 25 pessoas, que vieram para a feira conferir as últimas tendências do setor da construção civil, o carioca Carlos Lemos Oliveira se impressionou com o maquinário disponível no Concrete. Representante de uma fábrica de artefatos para a construção, ele aproveitou o dia para fazer contatos. “A diversidade de produtos que a feira oferece é o que mais me agradou nessa minha primeira vez aqui. Gostei muito do que vi de automação, chamou minha atenção. A feira é uma vitrine e eu vim justamente para ver o que há de melhor para meu trabalho e passar para a fábrica”, explica Oliveira.

A Concrete Show tem sido também um espaço escolhido por estudantes para conferir o que há de inovador no setor. A estudante de engenharia civil, Larissa Manuela Oliveira, por exemplo, veio ver na prática o que aprende em aula. “Gostei muito das inovações em tecnologia e me chamou muito a atenção o concreto protendido. É uma oportunidade bacana de vermos de perto coisas que só sabíamos na teoria, em aula.”

Para a estudante de arquitetura, Bianca Dalmazio, do Espírito Santo, o que chamou a atenção foram as palestras e a Galeria do Concreto. “É a primeira vez que venho e fui surpreendida. Meu pai, que é engenheiro civil, já vem há muito tempo e esse ano aproveitei para acompanhá-lo. Gostei muito do que vi até agora, mas vou aproveitar até amanhã e participar de mais palestras.”

Megademo: Test-drives de produtos e equipamentos atraem visitantes

No espaço Megademo, na área externa do Concrete Show, é possível participar de test-drive de betoneiras Liebherr e de mini-escavadeiras da Yanmar, além de experimentar a plataforma aérea articulada da Mills e observar em funcionamento rolo TRC 86 da Weber MT, projetado para o máximo desempenho em solos coesivos e das motosserras da ICS.

“Estar na Concrete Show é sempre relevante, ainda mais quando a empresa comemora 65 anos de tradição e bons serviços prestados durante o evento, como é o caso da Mills”, disse o Sérgio Kariya, Presidente da empresa. “Nesta edição estamos mostrando que nossas operações podem ir além da construção civil, propriamente dita, permeando diversos setores da economia. Aqui na feira, por exemplo, é possível ter uma visão panorâmica do espaço e seus arredores utilizando um de nossos equipamentos”.

Outra empresa presente na área externa é a ICS. É possível testar a linha de motosserras, que oferecem um corte que não abala a estrutura do concreto e funciona a gasolina. “Nosso foco são os clientes de outros países da América do Sul. Nosso produto está há três anos no Brasil, mas já é comercializado no mercado europeu há três décadas. É um inovador e temos prospectado clientes de outros países, como da Argentina. Nossa expectativa é fechar negócios com esse público de fora também”, explica o technical Representative, Marcio Fregonese.

Prêmio de arquitetura é o destaque do segundo dia do Concrete Show

Na edição de 2017, o Concrete Show South America e o portal Projetar.org uniram-se para promover o concurso “Parada de Ônibus” que desafiou estudantes de arquitetura de todo o País a projetar um abrigo em concreto para parada de ônibus. Os alunos Matheus Duarte Pardal e Igor Augusto Coimbra de Almeida da Universidade Católica de Santos (Santos/SP) conquistaram o 1º lugar. O 2º lugar ficou com os estudantes Karine Pazemeckas de Faria, Vinicius Vulpini Zanluti e Gustavo de Almeida Beccari da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e o 3º lugar com Vinicius Muller do Valle e Ana Montrucchio Ilkiu da Universidade Positivo – UP  (Curitiba/PR).

Os três primeiros colocados terão os projetos publicados em revistas e blogs parceiros e receberão um certificado de participação. A premiação incluiu também uma quantia em dinheiro: 1º lugar = R$ 2.300,00; 2º lugar = R$ 1.700,00 e o 3º lugar = R$ 1.000,00.  Além disso, receberam menções honrosas ex-aequo as equipes de Raquel Moraes Faria e Diego Henrique Pires da Silva da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Porto Alegre/RS); Carine Mariê Merizio, Gustavo de Oliveira Minatti, Ariele Mahara Marchi Freitas, Rayssa Grignani, Daniela Veneri do Centro Universitário de Brusque (Brusque/SC) e Leonardo Fernandes de Campos da Universidade Positivo – UP (Curitiba/PR)

Os dois alunos do curso de arquitetura e urbanismo da Unisantos que ganharam em 1º lugar estão no quarto período. “Estamos muito felizes com a premiação. Pensamos em um abrigo de ônibus que contribuiria para intermodalidade, por isso destinamos uma área com bicicletário”, comenta Pardal, seguido pelo companheiro de equipe Igor que completa: “elaboramos um projeto flexível que pode ser adequado para um modelo mais compacto ou expandindo”.

O anúncio foi realizado hoje (24) durante o seminário “Soluções para Cidades”, organizado pela Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), parte da programação do Concrete Congress para estudantes de arquitetura. Os alunos puderam acompanhar palestras dos arquitetos e jurados responsáveis pela escolha do concurso, Ruy Ohtake, Yuri Vital, Guilherme Takeda e o sócio-idealizador do portal Projetar.org Caio Smolarek Dias. Também ouviram sobre os trabalhos realizados pela ABCP, da Engª Érika Mota, gerente de Cidades e do Eng. Valter Frigieri Junior, diretor de Planejamento e Mercado, da ABCP.

Questionado por uma aluna que acompanhava a palestra sobre o que é a essência de para um bom projeto, Ruy Ohtake foi enfático: “Bonito, inovador e com o espírito jovem que nunca perde a curiosidade”. O arquiteto Yuri Vital completou a resposta dizendo que não há segredo ou fórmula certa, apenas é preciso estar atento a todos os detalhes. “O projeto completo é aquele com todas as questões técnicas respondidas e com todos os detalhes de acabamento pensados”, afirmou Vital.

Parceira público-privada oferece curso de formação técnica em “protensão”

Para contribuir na formação de mão de obra qualificada, a Impacto Protensão, especializada na técnica de protensão não-aderente em estruturas, em conjunto com a ArcelorMittal, referência na indústria de aço, assinaram hoje (24) um termo de cooperação com o governo do Estado do Ceará para oferecer um curso de formação de técnicos em Protensão, destinado aos alunos do sistema de ensino público.

A técnica de protensão é baseada na criação de tensões prévias de compressão no concreto, para compensar os esforços de tração que o material sofrerá quando receber sobrecargas, como por exemplo, na estruturação de pontes.  A formalização da parceria foi feita na presença do secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do Ceará, Inácio Arruda, do presidente da Impacto Joaquim Caracas e do CEO da ArcelorMittal, Jefferson de Paula.

“É uma grande conquista para nós, porque estamos aumentando o grau de qualificação dos profissionais que saem do curso para o mercado de trabalho cearense e para outras regiões do Brasil”, afirmou o secretário Arruda, que acrescentou:  “esta é minha primeira visita ao Concrete Show e identifico uma apresentação de expositores de qualidade e com muitas inovações. Este cenário me leva a acreditar que a indústria está pulsante e que precisamos apenas alinhar o cenário político para atrair investimentos nacionais e estrangeiros para o desenvolvimento tecnológico na construção civil e em outros setores”.

A Impacto surpreendeu o secretário do Ceará com a doação de uma impressora 3D para facilitar a criação e a personalização de peças usadas na protensão de estruturas. A primeira experiência da colaboração entre as empresas e o estado do Ceará acontecerá na Escola Estadual de Educação Profissional Jaime Alencar de Oliveira e, segundo o secretário, terá papel estratégico no aperfeiçoamento técnico dos alunos, ampliando a capilaridade da educação técnica dentro da indústria da construção civil.

Planejamento é fundamental para alavancar a infraestrutura no Brasil

O Brasil investe menos de 2,3% do PIB nacional em obras de infraestrutura, número muito abaixo do necessário para colocar o País em condições de competitividade mundial. Para virar esse jogo, o planejamento dos investimentos é a peça-chave para alavancar a infraestrutura no Brasil. A avaliação é do consultor da Enejota Cavalieri Engenharia, Newton Cavalieri, um dos palestrantes convidados para participar da iniciativa “60 ideias que mudarão a construção civil nos próximos anos”, durante o Concrete Show.

“É fundamental criar no País um programa de investimentos de Estado, com visão de longo prazo, independente do governo eleito. Para isso, são necessárias linhas de financiamento para consultorias que elaboram projetos de investimento, agências reguladoras independentes que defendam efetivamente os interesses dos investidores e a celeridade nos estudos para compor um amplo banco de projetos”, diz o consultor. Cavalieri acrescenta: “Se não começarmos hoje, não teremos no futuro infraestrutura capaz de desenvolver nossa economia, o que é imprescindível para a geração de emprego e renda para os brasileiros”.

SCHWING-Stetter anuncia criação de universidade

A SCHWING-Stetter reservou para o Concrete Show o lançamento da Universidade SCHWING, que disponibilizará os treinamentos presenciais da empresa e também cursos online. Será possível também fazer consultas online de bibliografias e materiais complementares.

“Ninguém no mercado tem algo como o que vamos oferecer em termos de aprendizado online. Com a Universidade SCHWING será possível que os profissionais adquiram conhecimento técnico, sem a necessidade de se deslocar, e isso terá resultados estratégicos para todos, como maior segurança na operação e redução de custos”, ressalta o CEO da empresa, Sílvio Teixeira Amorim.

Ao avaliar a conjuntura do setor, o executivo indica que o mercado está superando o momento de crise e que já é possível ver uma recuperação. “A presença de tantas empresas no Concrete Show permite ver como o setor está realmente, nos aproxima dos nossos clientes, viabilizando novos negócios”. Segundo ele, o balanço no segundo dia de feira é muito positivo, com vendas já fechadas pela empresa.

Galeria do Concreto: Artistas internacionais exibem obras feitas com o material

Quem pensa que o concreto limita-se ao que está dentro de uma betoneira está muito enganado. O material vem sendo usado com uma versatilidade ímpar, que vai desde decorar interiores, como um acabamento que imita mármore, até obras de arte. Nesta 11ª edição o Concrete Show inovou mais uma vez montando uma Galeria do Concreto com obras de artistas da Dinamarca, Finlândia, Reino Unido, França, Alemanha, Holanda e Brasil que trazem uma leitura surpreendente das possibilidades estéticas do concrete.

O projeto de pesquisa e desenvolvimento Brightwall apoiado pela Comissão Europeia e coordenado pelo Danish Technological Institute na Dinamarca, fabricou especialmente para a galeria um painel sanduíche de concreto translúcido. A peça combina concreto de alta-resistência com fibras ópticas e isolamento térmico para aplicações em fachadas de concreto. Além do impacto nos custos de energía, BrightWall permite fornecer luz natural de alta qualidade em edifícios.

“Do ponto de vista conceitual, a BrightWall visa inovações radicais que possibilitam o controle dinâmico da transmissão da luz natural através de cristais líquidos e aborda as barreiras técnicas relacionadas à produção de painéis sanduíche pré-fabricados com fibras ópticas e isolamento térmico”, explica o consultor do Danish Technological Institute, Wilson Ricardo Leal da Silva.

 

Sobre o Concrete Show South America – www.concreteshow.com.br
Único evento na América Latina a reunir toda a cadeia produtiva do concreto, o Concrete Show South America chega em 2017 a sua 11ª edição. Anualmente, reúne marcas expositoras com soluções de mais de 40 segmentos, desde equipamentos para terraplenagem, canteiros de obras e projetos estruturais, até tecnologias de ponta para a cadeia produtiva do concreto, serviços e acabamento, visando sempre o aumento da produtividade, eficiência e redução de custos. Reconhecido como um dos mais importantes pontos de encontro da construção civil, a feira oferece oportunidades únicas de networking, experimentação de produtos, efetivação de negócios e um programa de conteúdo com conferências, seminários e cursos focados nos temas mais atuais do setor.

Sobre a UBM Brazil – www.ubmbrazil.com.br
A UBM é a maior empresa organizadora de eventos B2B no mundo. Seu profundo conhecimento e paixão pelos setores da indústria que atende lhe permite criar experiências valiosas onde as pessoas atingem seu sucesso. Em seus eventos, as pessoas criam relacionamentos, fecham acordos e crescem seus negócios. Seus mais de 3.750 funcionários, com sede em mais de 20 países, atendem mais de 50 diferentes setores da indústria. No Brasil, atua nos segmentos da saúde, logística, ingredientes alimentícios, construção civil, construção naval e metroferroviária. Essa rede de relacionamento global, especializada, pessoas apaixonadas e líderes de eventos oferecem oportunidades únicas para que os empresários alcancem suas ambições.

Atendimento à Imprensa:

Arucha Fernandes

arucha@conteudoempresarial.com.br

13 – 9 9768-3476

SKYPE: conteudo.empresarial

Érica Amores

erica@conteudoempresarial.com.br

13 – 9 9706-6073

SKYPE: erica.amores


+VEJA MAIS RELEASES SOBRE ESTE CLIENTE