Comunicação integrada e comprometida com o resultado!
(11) 3230-7434 | (13) 3304.7437
Facebook Twitter Flickr
sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Recuperação da economia dá os primeiros sinais e fomenta a geração de negócios no Concrete Show

Escrito por: Arucha Fernandes - Atendimento

Balanço positivo da 11ª edição revela a confiança na recuperação do mercado e a  atividade em alta no setor de construção que trouxe muitas novidades para o evento

O Concrete Show South America terminou nesta sexta, 25, com um volume de negócios gerado durante a feira que superou as expectativas dos expositores. O consenso entre as empresas que participaram do evento e, principalmente, entre os visitantes que estiveram na feira é que a recuperação econômica é concreta.

Visitante do Concrete Show há mais de 10 anos, o empresário Osvaldino de Pinho tem no evento o local ideal para a compra de equipamentos para seu negócio, no Maranhão. O nível dos produtos oferecidos e o público selecionado é o que chama a atenção do executivo. Em busca de equipamentos como formas para parede de concreto e tecnologia, a previsão dele é fechar negócios no valor de aproximadamente R$ 1 milhão. “Não perco essa feira, porque consigo um networking ímpar. Neste ano o nível dos expositores está superior aos anos anteriores. Cheguei ontem, aproveitei para dar uma boa olhada no que tem e hoje é o dia de finalizar os negócios”.

Pela primeira vez no Concrete Show, o empresário Ibsen Pinho veio do Mato Grosso do Sul e se impressionou com a organização da feira. O objetivo no último dia é fechar negócio, após longas conversas com expositores e contato com as novidades do setor. “Hoje, depois de ver tudo, consigo fechar compras. Meu investimento para a feira é R$ 100 mil e vou usá-lo para adquirir formas de maquinário para meu negócio. Estou muito impressionado com o que vi e pretendo voltar em próximos anos”.

Alguns visitantes preferem iniciar a negociação no evento e, posteriormente, fechar a compra. Caso do empresário paranaense, Dimas Mendonça, que veio em busca de equipamentos para ampliar sua empresa. A estimativa do executivo para as compras que realizará é de R$ 400 mil. “Gosto de ver com calma o que há de disponível e iniciar a negociação aqui, mas eu sempre fecho posteriormente. Acho que assim é mais eficiente, até porque é preciso aproveitar para ver tudo que tem de novidade”, explica Mendonça.

Valores negociados ressaltam sucesso do Concrete Show 2017

As vendas concretizadas pelos expositores do Concrete Show não deixam dúvidas: a feira foi um sucesso comercial. A Sahara Tecnologia, por exemplo,  superou suas expectativas iniciais: atingiu aproximadamente R$ 3 milhões em vendas. O diretor presidente da empresa, Francisco Carlos Aguilar, explica que esse valor é referente apenas às negociações realizadas na feira, porém houve também um reflexo positivo na loja, que recebeu mais pedidos de compra ao longo da realização do evento. O executivo é o criador de um dos produtos que tiveram grande repercussão na feira: uma prensa manual de tijolos ecológicos que não utiliza cozimento.

“Muitos dos nossos clientes passaram pelo nosso estande, mas preferiram fechar negócio na loja, com mais calma. Nosso balanço do Concrete Show é muito positivo; vendemos inclusive para outros países da América Latina e da África, como Bolívia, Costa Rica, Argentina, Angola e Zimbábue. Além de permitir fechar novos negócios, a Concrete é também lugar para plantar sementes e novos relacionamentos comerciais. Feiras como esta tem o poder de gerar picos de vendas. Certamente, voltaremos na próxima edição”, afirma Aguilar.

Outra empresa que performou positivamente no que tange novos negócios foi a Putzmeister. A empresa que comercializa equipamentos para a construção civil como bombas de concreto, projetores de argamassa e transportadores telescópicos de correia, registrou um volume de vendas e de negociações iniciadas superior a R$ 1 milhão. “A participação na feira foi muito positiva;  tivemos um público qualificado e focado em negócios e isso facilitou nosso trabalho. Nossa empresa está, apesar da crise, bem saudável, com intenso volume de exportações. Nossa intenção é participar sempre do Concrete Show, para repetir os resultados positivos que temos aqui”, explica o gerente comercial, Thiago de Paula.

“O resultado do Concrete será um aumento de 30 a 40% no nosso faturamento mensal. Então nosso balanço é muito positivo: a feira foi ótima”. A afirmação é do executivo Adriano Fernandes, um dos sócios fundadores da Plannix, empresa que oferece soluções em softwares para a indústria de pré-fabricados de concreto. A participação da empresa na feira, foi, segundo Fernandes, o melhor investimento feito no ano. “Tivemos contato com clientes que nunca havíamos nos aproximado da Argentina e Bolívia. Vamos voltar a participar. Esta feira é exatamente o que precisamos para o nosso negócio”, ressalta Fernandes.

E por falar em negócios fechados no Concrete Show, a C3 Equipamentos superou a marca de R$ 1 milhão em volume de vendas durante os três dias de evento. “Comercializamos três elevadores de cremalheira, um deles para a Bolívia, em um contrato de exportação fechado aqui”, diz o diretor da empresa Giovani Molin. A empresa é uma antiga expositora do Concrete Show e renovou a participação para a próxima edição do evento. “Percebemos que o mercado está começando a se reorganizar. A feira, este ano, trouxe uma visitação mais focada em negócios, de diversos mercados, o que nos favoreceu muito”.

Outra empresa que teve suas expectativas superadas é a HM Rubber, fabricante de impermeabilizantes e revestimentos anticorrosivos. De acordo com o diretor comercial, Élcio Machado, o número de visitantes dobrou em relação ao ano passado. As prospecções realizadas na feira também tiveram aumento. “A feira foi excelente, está cada ano melhor. A recepção aos nossos produtos foi 100% positiva. A cada ano eu tenho mais retorno no Concrete, nessa edição fizemos de 45 a 50% mais prospecções que acredito que resultarão em negócios de fato”.

Os negócios fechados após o primeiro contato dos clientes no Concrete é o foco da Sika. O coordenador de marketing da empresa, Rodrigo Silva, explica que a feira é o momento perfeito para estreitar o relacionamento com os visitantes, o que resultará na oportunidades de negócios. O balanço da participação no evento, segundo Silva, é muito positivo devido ao intenso movimento de visitantes. “O Concrete é muito importante para promover a nossa marca, para entrarmos em contato com nossos clientes. Esse ano sentimos que recebemos um público-chave, dentro do que esperávamos para a geração de novos negócios. Tudo isso nos faz enxergar a feira de forma muito positiva”.

Associações repercutem os três dias de Concrete Show

“O Concrete Show superou todas as expectativas. Para a ABESC, que é oferecedora do evento, o resultado foi muito positivo: tivemos uma grande circulação de pessoas no estande da associação durante os três dias. E as nossas empresas parceiras ficaram muito satisfeitas com as vendas, tanto que algumas já reservaram espaços para a próxima edição. Acredito que esse resultado da feira já é um vislumbre da retomada da economia”, avaliou o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Concretagem (ABESC), Jairo Abud.

O presidente da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), Renato Giusti, ressaltou a qualidade do conteúdo do Concrete Show. “Mesmo com toda a instabilidade que enfrentamos no País, o sucesso do evento é um consenso entre todas as pessoas com quem conversei na feira. Temos uma parceria muito grande com o time de profissionais altamente qualificados da UBM Brazil e conseguimos entregar um evento de muita qualidade. A iniciativa das palestras panorâmicas foi uma inovação surpreendente, com muito conteúdo de qualidade e diversificado que atraiu tanto os visitantes tradicionais como os estudantes, que são o futuros profissionais do setor de construção civil”

A participação e apoio das entidades do setor é fundamental  para eventos da magnitude do Concrete Show. De acordo com o diretor do portfólio de infraestrutura da UBM Brazil, Renan Joel, o suporte institucional oferecido pelas associações é crucial para a sinergia com o mercado. “Agradecemos às associações, entidades setoriais e às empresas que participaram desta edição pelo comprometimento com a recuperação deste mercado, um dos pilares estruturais da economia brasileira. Nesta edição, as empresas provaram que  foram fortes o suficiente para ultrapassar o pico da crise e superar as adversidades impostas pela recessão. Estamos, todos, muito felizes porque, neste Concrete Show inauguramos uma nova fase deste mercado”, avalia Joel.

Projeto comprador potencializa a visita de empresários ao Concrete Show

As feiras de negócios como o Concrete Show são reconhecidas como eficientes geradoras de negócios, com potencial para reunir, em um curto espaço de tempo, uma quantidade importante e selecionada de fornecedores e compradores em único lugar. Para aumentar ainda mais a qualificação do público de interesse do expositor, nesta edição a UBM Brazil desenvolveu o projeto comprador, que convidou empresários de todo o país para visitar o evento, com uma agenda de reuniões pré-elaborada para atender especificamente às demandas de cada um deles.

Durante os três dias de evento, empresários de Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná estiveram reunidos com expositores da feira, em busca de soluções inovadoras em concreteiras, produtos químicos como selantes e impermeabilizantes, pisos industriais, artefatos pré-moldados de concreto e outras novidades que o Concrete Show 2017 ofereceu aos visitantes.

“O Projeto Comprador Concrete Show 2017 mostrou-se uma iniciativa da UBM Brazil muito produtiva para potencializar a visita dos empresários ao evento. Otimiza tempo e garante um contato comercial mais assertivo tanto para o expositores quanto para o visitante do evento”, avalia o diretor da unidade de negócios de infraestrutura da UBM Brazil, Renan Joel.

Iniciativa inédita da UBM Brazil, palestras panorâmicas são sucesso de público

A ideia de reunir no mesmo espaço quatro palcos de palestras simultâneas foi um sucesso de público e também entre os palestrantes convidados.

“Fiquei assustada com o modelo no ínicio, em razão de não poder ouvir a reação do público, mas logo percebi que a visão que tinha era privilegiada para observar a linguagem corporal das pessoas, o que foi ótimo para saber como conduzir os 40 minutos de apresentação. Outro diferencial, uma vez que os palcos foram montados no meio da feira, é que o ruído externo não atrapalhou em nada e tive um retorno muito bom daqueles que assistiram. Eu categorizo como um sucesso esse modelo”, afirma a diretora de Novos Negócios da Trimble, Fátima Gonçalves.

A executiva da Trimble, ainda completa, com sua impressão sobre o evento que encerra nesta sexta, 25. “O público está muito qualificado, percebi menos curiosos e mais clientes interessados em comprar, então conseguimos prospectar bastante novos negócios, uma vez que a grande maioria da nossa linha tem um ciclo longo de venda, não é imediata.”

A engenheira civil Mariana Doná assistiu palestras e aprovou o formato: “Achei muito bem sinalizado o espaço e gostei da proximidade do palestrante com o público, tanto fisicamente durante a apresentação e também a disponibilidade de todos, que eu acompanhei, de atender quem tinha dúvidas após o tempo da palestra. Eu achei fantástico”, afirmou.

A engenheira Ana Cristina Rodrigues também concorda: “É a minha primeira vez no Concrete Show e estou impressionada com a qualidade da feira. Já assisti três palestras hoje e achei o modelo adotado muito interessante, nunca tinha visto uma palestra assim”.

O gerente de produto da MC-Bauchemie, Holger Schmidt, que palestrou no evento, revela que é a primeira vez que vê esse formato com quatro palestras simultâneas. “Achei ótimo a localização dos palcos para chamar a atenção dos visitantes que estão na feira”, afirmou Schmidt. Nos três dias de evento, foram apresentadas 64 palestras, com um público total de 3.500 pessoas.

Concrete Show 2019

O único evento da América Latina a reunir toda a cadeia produtiva do concreto terá novidades em sua próxima edição. O diretor do portfólio de infraestrutura da UBM Brazil adiantou que a próxima edição do Concrete Show acontecerá de 13 a 15 de fevereiro de 2019, no São Paulo Expo. “Temos várias novidades para a 12ª edição, a começar pela data, uma sugestão do próprio mercado. Ampliaremos também o escopo de expositores e a abrangência do potencial de negócios”.

 

Sobre o Concrete Show South America – www.concreteshow.com.br
Único evento na América Latina a reunir toda a cadeia produtiva do concreto, o Concrete Show South America chega em 2017 a sua 11ª edição. Anualmente, reúne marcas expositoras com soluções de mais de 40 segmentos, desde equipamentos para terraplenagem, canteiros de obras e projetos estruturais, até tecnologias de ponta para a cadeia produtiva do concreto, serviços e acabamento, visando sempre o aumento da produtividade, eficiência e redução de custos. Reconhecido como um dos mais importantes pontos de encontro da construção civil, a feira oferece oportunidades únicas de networking, experimentação de produtos, efetivação de negócios e um programa de conteúdo com conferências, seminários e cursos focados nos temas mais atuais do setor.

Sobre a UBM Brazil – www.ubmbrazil.com.br
A UBM é a maior empresa organizadora de eventos B2B no mundo. Seu profundo conhecimento e paixão pelos setores da indústria que atende lhe permite criar experiências valiosas onde as pessoas atingem seu sucesso. Em seus eventos, as pessoas criam relacionamentos, fecham acordos e crescem seus negócios. Seus mais de 3.750 funcionários, com sede em mais de 20 países, atendem mais de 50 diferentes setores da indústria. No Brasil, atua nos segmentos da saúde, logística, ingredientes alimentícios, construção civil, construção naval e metroferroviária. Essa rede de relacionamento global, especializada, pessoas apaixonadas e líderes de eventos oferecem oportunidades únicas para que os empresários alcancem suas ambições.

Atendimento à Imprensa:

Arucha Fernandes

arucha@conteudoempresarial.com.br

13 – 9 9768-3476

SKYPE: conteudo.empresarial

Érica Amores

erica@conteudoempresarial.com.br

13 – 9 9706-6073

SKYPE: erica.amores


+VEJA MAIS RELEASES SOBRE ESTE CLIENTE