Comunicação integrada e comprometida com o resultado!
(11) 3230-7434 | (13) 3304.7437
Facebook Twitter Flickr
quarta-feira, 11 de abril de 2018

LAAD Security promove debate a participação das Forças Armadas na segurança pública de grandes metrópoles

Escrito por: Michel Penna

Projeto apresentado durante a evento tem como objetivo auxiliar policiais militares  paulistas que sofrem processos durante serviço. Proposta será enviada ao governador do Estado, Márcio França

 

A intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro é um tema que tem pautado as discussões nesta edição da LAAD Security – Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa, que acontece no Transamerica Expo Center, em São Paulo. Os questionamentos  giram, principalmente, em torno da eficácia da presença do Exército em ações urbanas e da perspectiva de se obter resultados em um curto prazo de tempo (a operação tem previsão de terminar em dezembro).

Sobre o Exército, há um equívoco na análise de que a força não possa ser eficiente durante o processo. Quem afirma é o major do Exército Valter Silva Cruz, instrutor-chefe do Centro de Instrução de Operações de Garantia da Lei e da Ordem (CI Op GLO) do 28º Batalhão de Infantaria Leve em Campinas (SP), onde, no momento, há 400 militares em treinamento para atender a operação em curso. “Houve uma evolução do mal. É necessário, portanto, que haja uma união de forças. Estamos preparados para atender este dever constitucional”.

Cruz, que participou do VII Seminário de Segurança LAAD que acontece durante a LAAD Security, ressalta que 3.495 militares já passaram por treinamento em Campinas e operações pontuais como as realizadas nos complexos do Alemão e da Maré, no Rio de Janeiro, ampliaram o conhecimento do Exército em iniciativas do gênero. “O combate seletivo em meio à população é complicado. No Complexo da Maré havia combates com 200, 300 tiros disparados”, afirma o major.

No total, desde que o 28º Batalhão de Infantaria Leve transformou-se em uma unidade de Garantia da Lei e da Ordem, em 2006, foram realizadas 230 operações do gênero até agora. Em Campinas, os militares recebem treinamento especial para intervenções em áreas urbanas e contam, inclusive, como uma favela cenográfica de 400 m² para simulação de situações de captura e enfrentamento.

 

Projeto “Conselho de Defesa do Policial” é apresentado na LAAD Security

Palestrante do VII Seminário de Segurança Pública LAAD, a presidente da Comissão de Direito Penal Militar da 40ª subseção da OAB-SP, Larissa Torquetto Teixeira, apresentou nesta quarta (11), projeto de sua autoria para a criação de um conselho composto por advogados voluntários que possam dar assistência e defesa legal de forma gratuita à policiais paulistas que venham a enfrentar algum tipo de questão judicial administrativa decorrente do exercício da função, como processos judiciais ou procedimentos disciplinares. O projeto já conta com o apoio da Coordenadoria de Assuntos Jurídicos da Polícia Militar (CAJ).

O seminário acontece durante a LAAD Security, feira de segurança pública e corporativa, que ocorre até o dia 12, quinta-feira, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, e reúne mais de 80 marcas expositoras nacionais e internacionais.

Larissa afirma que o projeto é destinado a policiais que não têm condições de arcar com os custos da contratação de um advogado. “Todos os dias, o policial militar se expõe a riscos com o objetivo de defender a população. Os agentes merecem o respeito da sociedade”, acrescenta.

A iniciativa se espelha em um projeto único no país, criado em julho do ano passado no Ceará, pela portaria 865/17, que criou o Conselho de Defesa do Policial em Exercício da Função (CDPEF). Ainda de acordo com Larissa, participar da LAAD Security este ano foi estratégico para apresentar o projeto para as autoridades públicas presentes. “O primeiro passo é tentar uma posição favorável do atual governador do estado, Márcio França, e do secretário de Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho. Estamos confiantes que conseguiremos implantar o projeto”, finaliza.

 

Sobre a LAAD Security

A LAAD Security – Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa – reúne empresas nacionais e internacionais que fornecem equipamentos, serviços e tecnologias para Segurança Pública, Forças Policiais, Forças Especiais, Forças Armadas, Law Enforcement, Homeland Security e gestão de segurança de grandes corporações, concessionárias de serviços e infraestrutura crítica do Brasil e da América Latina. Em sua quarta edição, o evento, que reunirá cerca de 100 marcas expositoras e que deverá receber mais de 9 mil profissionais do setor, apresentará soluções em autenticação, controle de acesso e vigilância; emergência, salvamento e resgate; equipamentos pessoais e táticos; cyber security; ópticos e optrônicos; munição e armamento; perícia criminal e forense; transmissão e comunicação; veículos e helicópteros; e etc.

 

Sobre a Clarion Events

Por mais de 65 anos, a Clarion Events dedica-se à promoção e organização de feiras de negócios, eventos e congressos. São mais de 200 eventos realizados ao redor do mundo, que reúnem aproximadamente 700 mil pessoas e 12 mil expositores e patrocinadores. Com presença global, a companhia possui 12 escritórios em 9 países diferentes e está no Brasil desde 2008.

 

Assessoria de Imprensa – LAAD Security 2018

Conteúdo Empresarial – Comunicação Integrada

11 – 3230-7434 / 13 – 3304.7437 – 3304.7438

 

Atendimento à Imprensa:

Michel Penna

michel@conteudoempresarial.com.br

11 – 98539-2126

SKYPE: conteudo.empresarial5

 

Jéssica Santos

jessica@conteudoempresarial.com.br

13 – 98125-4008

SKYPE: conteudo.empresarial6

       Valeria Bursztein

       valeria@conteudoempresarial.com.br

       11 – 99104-2031

       SKYPE: vbursztein

 

       Érica Amores

       erica@conteudoempresarial.com.br

       13 – 99706-6073

       SKYPE: erica.amores


+VEJA MAIS RELEASES SOBRE ESTE CLIENTE